Intrutor de moda na instituição SENAC Juazeiro do Norte

Minha foto
crato, ceara, Brazil
Intrutor de moda em SENAC Juazeiro do Norte

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

DERCY DE VERDADE EMOCIONA O BRASIL.




Na estreia da minissérie Dercy De Verdade, que foi ao ar nesta terça-feira, dia 10/01, começou a ser mostrado um outro lado da história da artista – até então ignorado por muitos. Pobre e humilde, a jovem sofria com os maus tratos do pai Manuel (Walter Breda) e era muito hostilizada pela vizinhança. Até do coro da Igreja ela foi expulsa.


Santa Maria Madalena – Em uma verdadeira viagem no tempo e pela história da artista, a minissérie revisitou lugares e situações e apresentou personagens que foram fundamentais para impulsionar Dercy Gonçalves ao seu destino de sucesso e reconhecimento.




“Você devia ser artista” – Foi quando chegou à pequena cidade, a Companhia de Teatro Maria de Castro e, para chamar a atenção de um dos seus astros, o galã, cantor e dançarino, Pascoal (Fernando Eiras), ela soltou a bela e afinada voz e cantou “A Malandrinha”. O elogio de Pascoal mudou a vida de Dercy para sempre. Depois de ouvir “Você devia ser artista”, não pensou duas vezes, arrumou sua maleta e partiu com a Companhia no dia seguinte.
Vaias – Tempos depois que a Companhia Maria de Castro se dissolveu e de ter formado a dupla “Os Pascoalinos” com Pacoal, Dercy, com o apoio de Isabel de Oliveira (Paula Burlamaqui), foi pra São Paulo onde faria sua primeira tentativa no teatro Boavista, um dos melhores da cidade. Mas as coisas não saíram como o esperado. Escalada para substituir Otília Amorim, estrela da época, Dercy ficou em pânico quando abriram as cortinas e não conseguiu cantar. Foi vaiada e expulsa do teatro, sob ameaças de nunca mais trabalhar nos palcos paulistas
Dinheiro fácil, nada fácil – Com a reputação manchada, Dercy seguiu o conselho de Isabel e, atrás de dinheiro fácil, foi até um bordel de classe. Entre quatro paredes, na presença de Valdemar (Cássio Gabus Mendes), sem conhecer nada da intimidade de um casal, começou a chorar e confidenciou a sua história. “Eu nunca fiz isso antes. Só estou aqui para conseguir dinheiro para pagar o tratamento do meu marido que está internado num sanatório, em Atibaia”


Nenhum comentário:

Postar um comentário